Projeto gastronômico curitibano permite que cliente pague o que acha justo pela refeição

0

Espaços colaborativos são palco dos encontros

Ecozinha3A Ecozinha, projeto de culinária brasileira, vegetariana, libertária e ecológica tem movimentado Curitiba com almoços colaborativos. O projeto funciona da seguinte forma: os cozinheiros apresentam as contas e o público contribui com a quantia que avalia ser a honesta pelo prato.

O diferencial desse intitulado anti-restaurante é que é levado em conta uma dinâmica diferenciada dos restaurantes tradicionais. As pessoas almoçam todas juntas, dividindo o espaço e se conhecendo. “Na loucura que é a nossa rotina, muitas vezes não conversamos uns com os outros, passamos uma refeição inteira no celular”, aponta Luciano Vaini, um dos responsáveis pela Ecozinha.

Outro ponto a ser destacado são os espaços onde serão servidos os almoços. “Os espaços abertos são projetos que brindam a economia criativa e colaborativa e abrigam iniciativas inspiradoras. Há diversos espaços como estes em Curitiba e valem a pena ser conhecidos”, afirma Fátima Mazarão, idealizadora do projeto.

Para Fátima, o objetivo é ampliar os horizontes das pessoas sobre os alimentos ingeridos. “Nossa intenção ao oferecer os almoços nesses espaços é que o público tenha contato direto conosco, com quem prepara seus alimentos. É uma experiência única, pois cada refeição é preparada de modo exclusivo”, diz.Ecozinha_

No Espaço Cultural Terreirão, os almoços acontecem quinzenalmente aos sábados, sempre às 13h, e são servidas opções da cozinha típica brasileira em versões vegetarianas. O projeto é intitulado Angu Cozinha Popular Brasileira e é realizado em parceria com a Bambaê Produções.

Já na Solimões 541, todas as sextas-feiras há um cardápio inteiramente orgânico e vegetariano e o almoço é servido sempre às 12h30.

Por se tratar de alimentos frescos, é necessário reservar lugar com antecedência. No Terreirão são 15 vagas e na Solimões 541, são 12 lugares. As reservas podem ser feitas pela fanpage do projeto: facebook.com/ecozinha.libertaria.

Serviço:
O que: Almoço Ecozinha
Quando: Todas as sextas-feiras e quinzenalmente aos sábados
Local: Às sextas-feiras na Solimões 541 – Rua Solimões, 541, Mercês. Aos sábados, no Espaço Cultural Terreirão, na Rua Capitão Virgínio de Oliveira Mello, 134.
Valor: Quanto você achar que vale o prato.
Reservas: pela fanpage do projeto: facebook.com/ecozinha.libertaria.

Crédito das fotos: Simony Sotelo.

Sobre a Ecozinha – A Ecozinha existe desde março de 2014 e é formada por cozinheiros que utilizam conceito ecológico, libertário, horizontal e aberto. Tem como premissa o aproveitamento de alimentos, criação de pratos saudáveis e vegetarianos. A Ecozinha aceita encomendas, e presta serviços de coffee-break e catering. O cardápio é sempre vegetariano ou ovo-lacto-vegetariano. Para mais informações: www.facebook.com/ecozinha.libertaria.

Brigadeiro Comunicação
Marina Oliveira – DRT 9594/PR
marina@brigadeirocomunicacao.com.br
facebook.com/brigadeirocomunicacao
Contato: (41) 9946 7444