MoviePass: facilitando as idas ao cinema

0

*Leila Vieira

Segundo uma pesquisa feita em 2015 pela publicação The Economist, Los Angeles está entre uma das 10 cidades com o custo de vida mais elevado do mundo, empatado com Copenhagen e Seuol, e atrás de grandes destinos como Nova Iorque, Paris ou Londres.

Então, ao me mudar para o condado, tive que deixar para trás um hábito que adquiri aos 14 anos, ir ao cinema todas as sextas-feiras. Ah, as ironias do destino. O ingresso de US$13,00 era um pouco salgado para a vida de estudante de cinema.  E assim passei a consumir apenas os curtas-metragens de iniciantes dos meus colegas. Até que um belo dia, descobri o MoviePass.

Intitulada a maior network de salas de cinema, a companhia trabalha em parceria com 3.700 cinemas e é aceita em 33.000 salas pelo país. Cobrindo tanto as grandes redes de cinema como AMC e Regal, e também salas independentes como Laemmle, aqui em Los Angeles.

Com um pagamento mensal que pode variar entre US$14,99 e US$45 o cliente tem a possiblidade de assistir um filme em 2D todos os dias. Ao se cadastrar, o cliente recebe um cartão que funciona como um “cartão de crédito”, que carrega a bandeira MasterCard e funciona apenas nas salas de cinema que trabalham com o produto.

Para ativar o cartão o usuário precisa acessar o aplicativo do MoviePass no celular quando estiver a 100 metros do cinema, escolher o filme que deseja assistir e fazer um check-in. A partir desse momento o cartão está habilitado para a compra do ingresso, tanto em quiosques de autoatendimento quanto no guichê.

Graças a essa descoberta, o entretenimento na cidade dos Anjos passou a ser acessível para mim. Caso você more nos Estados Unidos essa é uma boa dica de investimento cultural.

*Jornalista com especialização em Comunicação, Cultura e Arte pela PUCPR. Após atuar como assessora de imprensa se mudou para os Estados Unidos onde fez mestrado em Belas Artes e Cinema pela New York Film Academy e é correspondente da Brigadeiro.